GTS Network

 

Colunas


TECNOLOGIA

Eliminando maus contatos
Laércio Vasconcelos



Artigo publicado com a permissão do autor
LAÉRCIO VASCONCELOS
http://www.laercio.com.br

Extraído do capítulo 20 do livro

MANUTENÇÃO DE MICROS NA PRÁTICA

Um micro pode apresentar maus contatos com o passar do tempo devido principalmente à ação da poeira e da umidade. A primeira providência é fazer uma limpeza geral de poeira, como já ensinamos em um artigo anterior. A seguir eliminamos os maus contatos, como ensinamos nesse artigo.

Copyright (C)
Laércio Vasconcelos Computação
Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem o consentimento do autor. Apenas usuários individuais estão autorizados a fazer download ou listar as páginas e figuras para estudo e uso próprio e individual, sem fins comerciais. 

Limpeza de contatos

A poeira é impregnada de poluentes químicos, Entre os diversos existentes, podemos citar o óxido de enxôfre (SO2) e o monóxido de carbodo (CO). A mistura dessas substâncias com a água (umidade) resulta em ácidos:

H2O + SO2 ==>  H2SO3 (ácido sulfuroso)

H2O + CO ==>  H2CO2  (ácido carbonoso)

Não significa que a poeira e a umidade juntas irão gerar quantidades incríveis de ácidos que irão derreter o computador. Significa apenas que a umidade sozinha já é capaz de atacar os contatos, e a umidade com teor ligeiramente ácido atacará ainda mais. Os maus contatos irão se manifestar em menos tempo.

Outro tipo de umidade perigosa é a névoa salina, popularmente chamada de “maresia”. São minúsculas gotas de água salgada que trafegam pelo ar com a arrebentação das ondas. A água salgada também tem efeito devastador sobre os metais. Além de fazer limpezas mais freqüentes, um computador próximo à praia deve ser protegido por capas plásticas quando estiver desligado, e usar sílica gel (veja o capítulo 19).

Eliminar mais contatos significa remover a camada de óxido que se forma em torno dos metais dos conectores, impedindo a passagem da corrente elétrica. Os dois métodos mais usados nessa limpeza são o uso da borracha e o spray limpador de contatos. 

Figura 42
Borracha ideal para limpar conectrores de borda.

A borracha ideal para limpeza de contatos é aquela azul e vermelha (figura 42), usada para apagar escrita de caneta. Entretanto, somente conectores de borda podem ser limpos com borracha. Isso inclui os módulos de memória e os conectores de placas de expansão (PCI, AGP, PCI Express, ISA, etc.).

Figura 43 - Limpe os contatos do módulo de memória com borracha.

Figura 44 - Use o pincel para remover os resíduos de borracha.

 

As figuras 43 e 44 mostram a limpeza de contatos em um módulo de memória, e as figuras 45 e 46 mostram a limpeza de contatos em uma placa PCI. Os processos são semelhantes. Seguramos a placa ou o módulo de memória pelas bordas laterais, para não danificá-los com eletricidade estática. Passamos a borracha no conector de borda e usamos o pincel para remover os resíduos de borracha que ficam no conector. A limpeza deve ser feita dos dois lados do conector de borda. Cuidado para não deixar cair resíduos de borracha sobre outras partes do computador.

Figura 45 - Limpe o conector com a borracha.

Figura 46 - Use o pincel para remover os resíduos.

 

Infelizmente a maioria dos conectores não se enquadram na limpeza por borracha. Os slots e soquetes de todos os tipos, conectores das extremidades de cabos e demais conectores das diversas placas não podem ser limpos com borracha. A solução é usar o spray limpador de contatos eletrônicos (figura 47). É encontrado com facilidade em lojas de material eletrônico e em algumas lojas de suprimentos para informática. 

 
Figura 47
Spray limpador de contatos eletrônicos “ecológico”.

Nunca use sprays limpadores de contatos baseados no gás FREON. Esse gás destrói a camada de ozônio. Use produtos que tenham indicações como “não contém CFC ou HCFC”. Não custam mais caro que o baseado em FREON, que infelizmente é vendido livremente no Brasil.

Para usar o spray limpador de contatos eletrônicos, faça primeiro uma limpeza de toda a poeira, como já foi ensinado nesse capítulo. A seguir basta aplicar o spray sobre os conectores. Normalmente esses produtos são acompanhados de um pequeno tubo aplicador que facilita o direcionamento do jato sobre o conector desejado.

 

Figura 48
Aplicando spray limpa-contatos em um slot PCI.

Use o spray limpador de contatos em todos os conectores que não podem ser limpos por borracha:

  • Soquetes de memórias
  • Slots PCI, AGP, PCI Express, ISA
  • Slots de outros tipos (AMR, CNR, ACR)
  • Conectores SATA
  • Conectores de interfaces IDE
  • Conector da interface para drive de disquetes
  • Pinos de jumpers
  • Soquete da bateria
  • Soquete do processador
  • Conectores na parte traseira da placa mãe
  • Conectores da fonte de alimentação na placa mãe
  • Conectores da própria fonte de alimentação
  • Conectores de cabos flat
  • Conectores de cabos SATA
  • Conectores na parte traseira de discos rígidos
  • Conectores na parte traseira do drive de disquetes
  • Conectores na parte traseira de unidades de CD e DVD
  • Conectores na parte traseira da placa mãe e de placas de expansão

Se quiser, depois de limpar com borracha e pincel, você também pode usar spray nos conectores de borda dos módulos de memória e de placas de expansão.

IMPORTANTE: Espere 15 minutos antes de ligar o computador novamente, para dar tempo à secagem do spray.

IMPORTANTE: Não use o spray conhecido como WD-40. Esse não é um limpa contatos eletrônicos, é um removedor de ferrugem e lubrificante. Não foi feito para ser usado em circuitos eletrônicos.

 
 /// FIM ///


Ver perfil deste colunista | Listar todas as colunas deste colunista